21 de jan de 2010

As Flores

Podem esquecer toda a idéia romântica inicial, pois a paymentez transformou o símbolo do presente de amor em um rentável item de jogo.

Eu e a minha esposa tínhamos um pacto no início do jogo: todas as flores que eu plantasse seriam enviadas para ela e vice-versa. Foi assim até o dia em que atingimos o 1º nível de popularidade…

Para quem não sabe, nesse nível passamos a ser bonificados com 0,1% extra de tudo o que roubamos e 1% de tudo o que produzimos. Este bônus cresce em proporção direta à evolução de nossa “popularidade”, até o máximo de 121, ou seja, quanto mais popular você for… mais dinheiro ganhará!

Nesse momento prestamos atenção também que uma flor, quando colhida, também dá uma boa pontuação de experiência. Cada rosa vermelha, por exemplo, acrescenta 120 pontos na ascensão ao próximo nível.

O “golpe de mestre” é que o sistema permite o auto-envio de flores, ou seja, podemos enviar flores para nós mesmos!!!

Acabou-se o romantismo e perdemos a vergonha: cada um por si e grana no bolso! O único “senão” dessa história é o custo elevado das sementes de flores, mas isso não é nada que uma boa estratégia de fluxo de caixa não resolva.

Se essa dica foi útil para você, por favor… me envie uma flor! Não me importo em ganhar flor de homem e, sabendo dos resultados, posso afirmar que isso não é nada gay.

Mas, só para ficar bem claro: só flores virtuais do “Colheita Feliz”!! Nada de buquês e nem de convites para jantar que sou homem casado!!

As flores de plástico não morrem… já as de pixels morrem em nove dias mais ou menos. Só disse isso pra não dizer que não falei das flores!

Um abraço!

Postar um comentário